Notas, artigos e entrevistas

Fique por dentro do que saiu na mídia sobre a One7

Imagem blog

Fintech entra no mercado de crédito consignado para pessoa física

A One7, plataforma de serviços financeiros, chega ao mercado de crédito consignado privado por meio do lançamento do produto toazul

Por Naiara Bertão, Valor Investe — São Paulo 

Com o advento das fintechs, as opções de financiamento e crédito para pessoas físicas têm crescido rapidamente. A mais nova empresa a entrar neste segmento é a fintech One7, que já oferecia crédito a clientes maiores, empresas.

Inicialmente, a companhia vai destinar R$ 100 milhões à modalidade de empréstimo consignado e a expectativa é alcançar mais de 500 empresas, o que corresponde a mais de 100 mil colaboradores elegíveis ao crédito até o final de 2021. Claro que, para ter acesso ao benefício, a companhia empregadora precisa ser credenciada junto ao programa toazul.

As parcelas desse tipo de crédito são debitadas diretamente da folha de pagamento dos funcionários, o que acaba diminuindo a inadimplência dos contratantes e, consequentemente, a possibilidade de taxas menores por parte da toazul.

O mínimo de empréstimo é de R$ 1 mil e o máximo que pode ser pedido de crédito é de R$ 30 mil. Os juros a partir de 1,99% ao mês, de acordo com o perfil de crédito e os contratantes terão até 24 meses para pagar. Também poderão pedir o dinheiro funcionários que estejam negativados no SPC/Serasa.

Além disso, a One7 vai disponibilizar aos colaboradores das empresas parceiras acesso a um conteúdo exclusivo e ferramentas que darão suporte ao melhor uso do recurso, como um aplicativo de finanças pessoais e acesso a palestras sobre o assunto.

“A toazul pretende entregar mais informação ao cliente e também fazer com que ele esteja apto a contratar futuros produtos da empresa, ou seja, uma relação saudável e economicamente sustentável entre as partes”, disse João Paulo Fiuza, presidente da One7, que espera avançar no segmento pessoa física, gerando ainda mais sinergia com sua base de clientes pessoa jurídica.

A companhia é conhecida por oferecer soluções de recebíveis para pequenas e médias empresas por meio de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDCs) e securitizadoras de crédito. Recentemente, a One7 adquiriu o controle da fintech Rapidoo, especializada em gestão de recebíveis para micro e pequenos negócios, 100% digital. Em 2019, a One7 cresceu 91% e registrou R$ 1,89 bilhão em volume operado.

Para acessar a matéria na mídia original, clique aqui.